Homicidas Rosa Grilo e Diana Fialho unidas na prisão

Suspeitas de matar o marido e a mãe partilham uma hora de recreio.
12.10.18
Rosa Grilo, suspeita de ter assassinado o marido, o triatleta Luís Miguel Grilo, e Diana Fialho, em prisão preventiva pelo homicídio da própria mãe, a professora Amélia Fialho, aproximaram-se na cadeia de Tires, Cascais, onde ambas cumprem as medidas de coação de prisão preventiva.

Segundo o jornal digital Cascais 24, as duas passam cerca de uma hora de recreio por dia juntas, afastadas da restante população prisional. Conforme o CM já noticiara, Diana Fialho, em prisão preventiva desde 7 de setembro, passou várias semanas no hospital-prisão de Caxias.

Por decisão dos Serviços Prisionais, a jovem de 23 anos foi mantida afastada da prisão de Tires, por questões de segurança. Ao que o CM apurou, só reentrou naquela cadeia feminina na semana passada.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!