Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Homicídio de idosa começa a ser julgado

Caso marca regresso de julgamentos a Carrazeda de Ansiães.
23 de Junho de 2016 às 08:23
O tribunal de Carrazeda de Ansiães tinha sido transformado em secção de proximidade na reforma judiciária do anterior Governo
O tribunal de Carrazeda de Ansiães tinha sido transformado em secção de proximidade na reforma judiciária do anterior Governo FOTO: iStockphoto
O caso do homicídio de uma idosa no dia das eleições legislativas começa esta quinta-feira a ser julgado em Carrazeda de Ansiães, no distrito de Bragança, tendo como suspeito um homem que acabara de cumprir pena por crime similar.

O processo marca o regresso dos julgamentos ao tribunal de Carrazeda de Ansiães, que tinha sido transformado em secção de proximidade na reforma judiciária levada a cabo pelo anterior Governo.

O arguido, de 49 anos, encontra-se em prisão preventiva pela presumível autoria do homicídio da idosa de 85 anos, no local da Senhora da Ribeira, Carrazeda de Ansiães, a 4 de outubro de 2015, dia de eleições legislativas.

Segundo adiantaram as autoridades aquando da detenção, o suspeito tem "extensos antecedentes criminais", incluindo homicídio e encontrava-se em liberdade havia cerca de quatro meses, apôs cumprimento de pena de cadeia pelo mesmo crime.

A vítima foi encontrada morta por um irmão que deu o alerta às autoridades, contando que a encontrou caída em casa com sinais de violência.

O irmão, que vivia numa aldeia a poucos quilómetros, contou que foi visitar a idosa, num domingo, e que a terá encontrado caída atrás da porta de entrada de casa com o rosto desfigurado e coberto de sangue.

Nas primeiras diligências, a GNR encontrou "remexida" a casa da idosa, que vivia sozinha num local isolado, surgindo de imediato suspeitas de que se teria tratado de um assalto violento.

O caso foi entregue à PJ que poucos dias depois deteve o presumível autor do crime.
Carrazeda de Ansiães GNR PJ crime lei e justiça
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)