Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Hospitais acumulam dívida de 153 milhões

Governo justifica fusão dos hospitais algarvios com o facto de estes se encontrarem em situação de falência técnica. E realça que existia uma perda de capacidade no serviço prestado aos utentes.
27 de Agosto de 2013 às 01:00
Hospital de Faro acumulou prejuízos de 63 milhões de euros entre 2008 e 2012
Hospital de Faro acumulou prejuízos de 63 milhões de euros entre 2008 e 2012 FOTO: Nuno Jesus

Os hospitais algarvios acumularam prejuízos de 153 milhões de euros e encontravam-se em falência técnica, revela o Governo como justificação para a fusão do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio (CHBA) e do Hospital de Faro (HF).

"A necessidade de criação do Centro Hospitalar do Algarve (CHA) foi determinada pela constatação da existência de uma situação de desequilíbrio estrutural nos dois hospitais, tanto em termos económicos e financeiros como assistências", frisa o gabinete do ministro Paulo Macedo, nu-ma resposta por escrito a deputados do Bloco de Esquerda.

Segundo o Governo, o CHBA, em Portimão, acumulou prejuízos de 90,3 milhões de euros desde que foi constituído como entidade pública empresarial, em 2004, até 2012, enquanto o Hospital de Faro somou prejuízos de 63 milhos de euros, entre 2008 e 2012.

"A fraca cooperação entre as duas unidades traduzia-se, nalguns casos, na subutilização da capacidade instalada e, noutros, numa competição pelos recursos médicos que tinha como consequência uma pressão em alta sobre os preços dos serviços e as remunerações", diz o gabinete de Paulo Macedo. Para o Governo, a situação já estava "a comprometer a capacidade assistencial". E, acrescenta, "a par das especialidades de oftalmologia, dermatologia e anestesiologia, tradicionalmente deficitárias na região, verificou-se uma acentuada perda de capacidade na pediatria e na ortopedia".

Ao CM, Pedro Nunes, presidente da administração do CHA, diz que a fusão permite uma melhor gestão dos recursos, mas argumenta que os hospitais algarvios têm sido "subfinanciados", o que contribuiu para "a grande dívida" existente.

Hospital Algarve Barlavento algarvio Faro dívida Governo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)