Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Hospital desmente enfermeiros

O conselho de administração do Hospital de S. João desmentiu ontem as acusações do Sindicato dos Enfermeiros, reclamando o pagamento de “mais de 50 mil horas extraordinárias, acumuladas ao longo dos últimos dois anos”.
23 de Maio de 2007 às 00:00
Hospital de S. João
Hospital de S. João FOTO: Luís Lopes
Os responsáveis do hospital afirmam que a orientação dada aos enfermeiros-chefes dos serviços para o processamento do pagamento referente às horas extra “é no sentido de, no início de cada mês enviarem à direcção de Enfermagem as horas efectuadas devidamente justificadas”, e que “em momento algum, o Conselho de Administração recusou o pagamento das referidas horas”.
Os responsáveis afirmam ainda, em comunicado, que, em Junho de 2005, quando a actual direcção de Enfermagem assumiu funções, “o montante da dívida ultrapassava as 28 mil horas. Neste momento não atinge as 20 mil, o que significa em média, dez horas por enfermeiro”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)