Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

HOTÉIS DO ALGARVE PERDEM TURISTAS

As zonas turísticas de Portimão/Praia da Rocha, Carvoeiro/Armação de Pêra e Faro/Tavira/Monte Gordo, registaram, durante o mês de Junho, as maiores quebras da taxa de ocupação média de quartos na hotelaria classificada do Algarve, anunciou a Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve.
5 de Julho de 2002 às 21:51
De acordo com os indicadores revelados pela associação, em Junho a taxa de ocupação média de quartos na região foi de 73,5 por cento, ou seja, menos 5,2 pontos percentuais em comparação com igual período de 2001. As três zonas mais penalizadas atingiram taxas de 10,4 no primeiro caso, 9,3 no segundo e 5,5 no que diz respeito a Faro/Tavira e Monte Gordo.

A descida das taxas de ocupação afectou sobretudo os hotéis de cinco estrelas (menos 4,9 por cento), aldeamentos e apartamentos turísticos de quatro e cinco estrelas (menos 10 por cento), enquanto os empreendimentos de duas e três estrelas foram os que registaram a taxa de ocupação mais alta (75,6 por cento).

Os britânicos continuam a liderar as dormidas na região (42 por cento), seguidos pelos alemães (15,9 por cento) e portugueses (14,5 por cento). Segundo a Associação dos Industriais Hoteleiros e Similares do Algarve, a quebra de ocupação média na hotelaria classificada, foi de 3,5 por cento.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)