"Houve desatenção em relação a estes heróis", diz Marcelo sobre antigos combatentes

Presidente diz que o Estado "está, aos poucos a fazer-lhes justiça".
30.05.17
  • partilhe
  • 3
  • +
"Houve desatenção em relação a estes heróis", diz Marcelo sobre antigos combatentes
Marcelo Rebelo de Sousa com José Arruda, presidente da Associação dos Deficientes das Forças Armadas Foto André Kosters/Lusa
O Presidente da República considerou esta terça-feira na Associação dos Deficientes das Forças Armadas (ADFA), que "houve uma desatenção em relação a estes heróis", combatentes da guerra colonial, e que "o Estado português está aos poucos a fazer-lhes justiça".

"É muito lento, já passaram mais de 40 anos, mas continuamos a lutar por essa justiça, eles continuam a lutar por essa justiça, e o Presidente da República continua a apoiá-los nessa luta", acrescentou Marcelo Rebelo de Sousa, em declarações aos jornalistas.

O chefe de Estado visitou a ADFA para apresentação do livro "Deficientes das Forças Armadas - a geração da rutura", e aproveitou a presença do antigo Presidente da República António Ramalho Eanes para o homenagear como "um dos impulsionadores" e "referência cimeira desta associação".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!