Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Hungria confirma extradição de Rui Pinto para Portugal

Autoridades judiciais indeferiram o recurso do hacker dos mails do Benfcia para evitar a entrega à Justiça portuguesa.
14 de Março de 2019 às 15:17
A carregar o vídeo ...
Autoridades judiciais indeferiram o recurso do hacker dos mails do Benfica para evitar a entrega à Justiça portuguesa.
Rui Pinto, o informático português que esteve na origem da denúncia dos Football Leaks, vai mesmo ser extraditado da Hungria para Portugal, confirmou o CM.

A decisão foi tomada esta quinta-feira pelas autoridades húngaras que indeferiram o recurso da defesa do hacker que é suspeito de desviar os emails do Benfica.

A decisão tem por base o processo em que é acusado pelo fundo da Doyen, a propósito de negócios com o Sporting, de ter tido acesso ilegítimo a dados confidenciais e de os ter usado para fazer chantagem e pedir uma avultada soma. Neste processo, Rui Pinto é acusado da prática de seis crimes: dois de acesso ilegítimo, dois de violação de segrego, um de ofensa a pessoa coletiva e outro de tentativa de extorsão.

A defesa de Rui Pinto tinha interposto recurso para tentar travar o pedido de extradição das autoridades portuguesas, alegando que voltar para Portugal para cumprir pena numa cadeia portuguesa podia ser um perigo para a sua vida. Os argumentos não convenceram a justiça húngara e Rui Pinto vai mesmo ser extraditado para Portugal.

Em atualização
Rui Pinto Football Leaks Portugal crime lei e justiça questões sociais crime
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)