Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Idosa agredida e fechada no WC

Durante cerca de duas horas, Maria de Lurdes Vaz, de 84 anos, esteve sequestrada e fechada na casa de banho da sua residência, em Pontével, Cartaxo. Grande parte do tempo esteve desmaiada e só se lembra de acordar na sala, isto após os três ladrões que a atacaram anteontem, às 17h00, já terem fugido com ouro e dinheiro. Está internada na unidade de neurocirurgia do Hospital de Santa Maria, com um derrame na cabeça.

11 de Novembro de 2011 às 01:00
Maria Bela (à direita), empregada da vítima, conta que Maria de Lurdes Vaz foi vendada e arrastada pelos cabelos até à casa de banho
Maria Bela (à direita), empregada da vítima, conta que Maria de Lurdes Vaz foi vendada e arrastada pelos cabelos até à casa de banho FOTO: Vítor Mota

Maria Lurdes Vaz, que vive sozinha, vai diariamente ao cemitério, e foi já à porta de casa, quando recolhia a correspondência, que foi agarrada pelos ladrões. "Meteram--lhe uma venda nos olhos para que não lhes visse a cara. Torceram-lhe o braço atrás das costas e arrastaram-na pelas escadas até à casa de banho. Havia cabelo no chão de lhe agarrarem a cabeça", relata a empregada Maria Bela, de 53 anos, ao CM.

"Ela tem a cara toda negra, de tanto lhe baterem. Não era preciso violência pois trata-se de uma senhora de 84 anos. Revistaram a casa toda e partiram portas de divisões que estavam fechadas", disse.

A GNR do Cartaxo tomou conta da ocorrência e a PJ esteve até às duas da madrugada na casa a recolher vestígios que possam levar à identificação dos ladrões.

CARTAXO AGRESSÃO IDOSA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)