Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Idosa amordaçada e arrastada em casa

Mulher de 87 anos foi forçada a guiar os ladrões até ao dinheiro.
Fátima Vilaça 12 de Julho de 2017 às 09:18
Glória Gião foi em socorro da vizinha
António Barbosa foi o primeiro a chegar à habitação
Casa foi assaltada por uma dupla na segunda-feira
Glória Gião foi em socorro da vizinha
António Barbosa foi o primeiro a chegar à habitação
Casa foi assaltada por uma dupla na segunda-feira
Glória Gião foi em socorro da vizinha
António Barbosa foi o primeiro a chegar à habitação
Casa foi assaltada por uma dupla na segunda-feira
Estava em pranto e desesperada quando, segunda-feira à tarde, foi encontrada pelos vizinhos após ter sido assaltada em casa, em Roriz, Barcelos.

Ana Casal, de 87 anos, foi surpreendida por dois homens, que lhe taparam a boca com um pano e a arrastaram pela casa até ao local onde escondia o dinheiro. A idosa foi ameaçada de morte, caso tentasse gritar antes de os dois ladrões fugirem. Conseguiram escapar com 150 € e um brinco de ouro. A GNR foi ao local. A investigação passou para a Polícia Judiciária de Braga.


"Andaram com ela a rasto pela casa, sempre a perguntar onde guardava o dinheiro, e um dos assaltantes dizia-lhe que se gritasse a matava", contou ao CM o vizinho António Barbosa. O homem, com 80 anos, foi o primeiro a chegar a casa da idosa, assim que esta conseguiu pedir ajuda.

"Ela ligou para o meu filho a contar que tinha sido assaltada e ele ligou para a irmos socorrer", contou Glória Gião, mulher de António Barbosa.

O assalto aconteceu pouco antes das 14h00. Segundo os vizinhos, o carro branco em que a dupla de ladrões se fazia transportar tinha estado junto à casa de Ana na tarde de domingo.
Ver comentários