Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Idosa arrastada por dois ladrões

Dupla atacou a mulher de surpresa e roubou lhe a mala com 820 euros e o saco do pão.
13 de Fevereiro de 2014 às 12:53
Maria de Lurdes recordou ontem ao ‘CM’ os momentos que viveu nas mãos dos dois assaltantes
Maria de Lurdes recordou ontem ao ‘CM’ os momentos que viveu nas mãos dos dois assaltantes FOTO: Francisco Gomes

"Agarraram-me os dois braços por trás e fui arrastada pelo chão vários metros até quando não podia mais. Senti que morria. Levaram-me a mala com tudo lá dentro e o saco com o pão." Maria de Lurdes, 82 anos, lembra o momento angustiante em que foi alvo de um roubo por esticão por dois homens encapuzados, nas Caldas da Rainha, que a deixou sem 820 euros. O assalto ocorreu na travessa da Cova da Onça.

"Tinha levantado o dinheiro para pagar a renda, a água e a luz de duas casas, e as Finanças. Gritei muito por socorro", recorda Maria de Lurdes.

"A senhora estava deitada no chão e junto dela estava um homem, que alegou que estava a passar no local e que foi ajudá-la", disse ao CM um dos transeuntes que a socorreram.

Além do dinheiro, Maria de Lurdes ficou sem dois cartões multibanco, um cordão de ouro e os documentos. Sofreu ferimentos ao ter sido arrastada pelos ladrões, de cerca de 20 anos, e foi levada ao hospital das Caldas da Rainha. "Estou toda moída, partida e desgraçada, e tenho de voltar ao hospital outra vez porque não posso mexer a nuca e os braços doem-me imenso. Agora tenho medo de andar sozinha na rua", desabafa.

A PSP recuperou a mala, vazia, noutra rua da cidade.

Caldas da Rainha ladrões assalto
Ver comentários