Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Idosa dada como desaparecida regressou a casa na vila alentejana de Amareleja

Mulher tinha ido apanhar lenha numa mata quando se desorientou e não conseguiu regressar a casa.
18 de Abril de 2019 às 12:09
GNR
GNR FOTO: Ricardo Almeida
A mulher de 86 anos que tinha sido dada como desaparecida na quarta-feira regressou esta quinta-feira de manhã sozinha a casa na vila alentejana de Amareleja e está bem de saúde, disse à agência Lusa fonte da GNR.

A idosa tinha saído de casa na tarde de quarta-feira para "apanhar lenha numa mata, escureceu e ela desorientou-se e não conseguiu regressar" naquele dia a casa, em Amareleja, no concelho de Moura, distrito de Beja, explicou a fonte da GNR.

Segundo a fonte, a mulher acabou por pernoitar na mata e "hoje, assim que nasceu o sol, conseguiu orientar-se e regressou a casa sozinha e está bem de saúde".

O alerta para o desaparecimento da mulher de casa, e não de um lar de idosos como inicialmente divulgado pela GNR, tinha sido dado na quarta-feira e as autoridades iniciaram buscas, que envolveram militares da força de segurança e operacionais dos Bombeiros Voluntários de Moura.
Amareleja GNR Beja Moura Bombeiros Voluntários de Moura questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)