Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Idosa de 91 anos agredida

Por apenas 22 euros uma idosa, de 91 anos, foi roubada e violentamente agredida por um imigrante brasileiro, sofrendo ferimentos que a mantêm internada no hospital das Caldas da Rainha, podendo precisar de vir a ser operada. O ladrão foi detido pela PSP e ficou a aguardar o inquérito em liberdade, por determinação judicial.
11 de Janeiro de 2009 às 00:30
Violência do ataque provocou ferimentos à idosa, numa perna e na face
Violência do ataque provocou ferimentos à idosa, numa perna e na face FOTO: simulação/CARLOS BARROSO

O assalto ocorreu pelas 15h50 de anteontem, na rua Júlio César Machado, perto de vários estabelecimentos de ensino. A idosa, Ilídia Susana Plácido, foi surpreendida pelo assaltante – um brasileiro, de 20 anos, que lhe arrancou a mala com violência e fugiu a pé.

A mulher foi projectada para o chão e sofreu ferimentos na perna e na face, tendo sido transportada para o hospital pelos bombeiros.

O assaltante seria detido poucos minutos depois, nas imediações, por agentes policiais que circulavam ocasionalmente naquela zona num carro-patrulha e que "acharam estranha a atitude do indivíduo, a fugir na posse de uma mala de senhora", revelou ao CM o comandante da PSP, Jorge Martins.

"Foi imediatamente detido, sem oferecer resistência, e levado para a esquadra. A mala e o dinheiro foram recuperados", indicou o mesmo responsável policial.

Presente ontem a tribunal, o imigrante saiu em liberdade, recebendo como medida de coacção a obrigatoriedade de apresentações diárias na esquadra da PSP das Caldas da Rainha, a área da sua residência, enquanto o processo estiver na fase de inquérito. Quanto à idosa, segundo uma fonte hospitalar, deu entrada no serviço de Urgência e passou ontem para o serviço de Ortopedia, "onde, após avaliação, aguardará por intervenção cirúrgica ou por tratamento".

O caso provocou a revolta dos moradores na zona do assalto, que se mostraram chocados com os ferimentos que a idosa sofreu, pedindo que o ladrão violento seja "punido como deve ser e de forma exemplar".

PORMENORES

LEGALIZADO

O brasileiro não tem antecedentes criminais e encontra--se em Portugal com autorização legal de permanência. Reside nas Caldas da Rainha, mas a PSP desconhece a sua profissão.

ANSIEDADE

A idosa, para além dos ferimentos na perna e na face, após ter caído no chão, apresentava uma "crise de ansiedade", na sequência do assalto, revelou fonte dos bombeiros.

SERINGA

Na mesma cidade, em Novembro do ano passado, uma idosa de 68 anos foi picada com uma seringa por um toxicodependente, que a agrediu e a arrastou ao longo de vinte metros, para roubar dez euros.

TELEMÓVEL

Em Dezembro, uma mulher de 86 anos foi roubada durante o dia, em Vouzela, para lhe tirarem o telemóvel e 150 euros em dinheiro.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)