Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Idosa e filho roubados e espancados em casa

Violência do assalto chocou a população, que ontem se manifestou à porta da câmara
26 de Fevereiro de 2014 às 13:44
Olinda Ferreira, de 73 anos, e o filho, Adelino, de 53, foram agredidos por três assaltantes
Olinda Ferreira, de 73 anos, e o filho, Adelino, de 53, foram agredidos por três assaltantes FOTO: Rui Miguel Pedrosa

Três assaltantes armados espancaram violentamente uma mulher de 73 anos e o seu filho, de 53 anos, na casa onde ambos residem, no lugar de Pero Neto, Marinha Grande. As duas vítimas tiveram de receber tratamento hospitalar. O caso, que aconteceu na noite de sexta-feira, chocou a população, que ontem se manifestou à porta da câmara municipal, pedindo mais segurança.

O trio protagonizou meia hora de horror na vida das duas vítimas. Os assaltantes escalaram e saltaram um muro para entrar na casa. As vítimas ainda dormiam e foram acordadas abruptamente, começando de imediato a ser agredidas a soco e pontapé.

Os agressores estavam armados com uma faca, um taco e uma pistola, com que iam ameaçando os moradores. "Diziam ‘não façam barulho, queremos o ouro e o dinheiro', e iam revirando tudo", conta Adelino Ferreira.

À idosa, que deixaram estendida no chão do corredor, coberta de sangue, rasgaram as orelhas ao puxar os brincos de ouro. Levaram ainda a aliança. "Sempre que eu dizia ‘não nos batam, não temos nada para roubar', espancavam-nos ainda com mais força", relatou Adelino Ferreira, frisando que acabou por fingir que estava inconsciente até os três assaltantes saírem. Conseguiu, então, sair para a rua e pedir ajuda, a casa de uma irmã que vive próximo. Os assaltantes armados levaram uma televisão, um fogão e roupa, para além do ouro.

Este roubo não é, segundo os moradores da cidade, um caso isolado. "Tem havido um número crescente de roubos com agressões e violência, o que nos levou a chamar a atenção", diz Pedro Fonseca, um dos moradores que ontem à tarde se juntaram frente à câmara para pedir mais segurança. O comandante da PSP esteve presente, assegurando que a polícia está atenta.

assalto violento idosos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)