Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Idosa morre ao cair em piscina

Maria da Graça Queirós, de 78 anos, afogou-se em piscina insuflável. Família encontrou corpo da vítima a boiar. Autoridades descartam hipótese de crime.
16 de Agosto de 2013 às 01:00

Uma mulher, de 78 anos, morreu afogada depois de cair a uma piscina, ontem de manhã, na freguesia de Santo Isidoro, em Marco de Canaveses. Maria da Graça Queirós foi encontrada por familiares já sem vida. As autoridades descartam a hipótese de crime.

Tudo aconteceu pelas 09h00, na rua da Lage, onde a vítima e a família têm as suas moradias. Ao que o CM apurou, Maria da Graça Queirós, que foi professora primária durante muitos anos nas freguesias de Santo Isidoro e de Constance, estava sozinha junto à piscina quando terá sofrido a queda, de forma acidental.

"Foi numa piscina de montar, que até é bastante grande. O meu sobrinho é que gritou e foi assim que soube. Eu só vi um vulto a boiar", disse ao CM o cunhado da vítima, também ele antigo professor naquela zona de Marco de Canaveses.

De acordo com o familiar, a mulher ter-se-á encostado à borda da piscina, mas como esta é frágil, cedeu, fazendo com que ela caísse na água. "Ficou lá", lamentou o homem.

No local estiveram os bombeiros, a GNR de Marco de Canaveses e uma equipa da VMER de Penafiel. O óbito foi declarado, também no local, às 09h24 pelo INEM. Os bombeiros transportaram o corpo para o Instituto de Medicina Legal de Penafiel, onde deve ser hoje autopsiado. A GNR está a investigar, mas adianta que não há suspeitas de crime.

A vítima morava com o filho. Os familiares preferiram não prestar muitas declarações.

Maria Queirós piscina idosa Marco de Canaveses morte
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)