Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Idosa morre junto ao filho durante incêndio em Almada

Filho sofreu queimaduras graves e o marido conseguiu fugir.
João Tavares 9 de Outubro de 2019 às 08:52
A carregar o vídeo ...
Filho sofreu queimaduras graves e o marido conseguiu fugir.
O fumo que esta terça-feira à tarde saía pelas janelas de um apartamento no 2º andar de um prédio em Almada e invadia as escadas chamou a atenção de vizinhos. João Gabriel bateu à porta do casal de octogenários e só o homem saiu.

Os bombeiros de Almada chegaram, extinguiram as chamas e depararam-se com mais duas vítimas na cozinha.

Cremilde Machado, 85 anos, morreu ao lado do filho – que apresentava ferimentos graves.

A idosa morreu devido à inalação de fumo e o óbito foi confirmado pela equipa médica que se deslocou ao nº 4 da av. Dom Nuno Álvares Pereira.

O filho, com cerca de 50 anos, foi transportado com queimaduras de 2º e 3º grau para o Hospital de São José, em Lisboa. O pai, de 88 anos, conseguiu fugir pela porta após contar com a ajuda do vizinho.

"Ele quando abriu a porta só se via fumo e chamas. Era impossível lá entrar", relatou ao CM o vizinho do 1º andar, João Gabriel.

José Santos, comandante dos Bombeiros de Almada, disse ao CM que as chamas foram extintas de forma bastante rápida. Inspetores da PJ de Setúbal estiveram no local a fazer perícias e tentam apurar as causas do fogo.

Da residência foram retiradas pela PSP de Almada várias réplicas de armas de fogo.
Almada João Gabriel questões sociais acidentes e desastres incêndios organizações de socorro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)