Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Idoso barricado salvo por polícia

A forma persuasiva, profissional e de grande paciência de um negociador do Comando Distrital da PSP de Faro, salvou a vida de um idoso que se barricou na sua residência, na rua capitão Vieira Branco, em Faro, ameaçando matar-se.

5 de Janeiro de 2012 às 01:00
PSP cercou a residência do idoso e, através da janela da cave, conseguiu convencê-lo a entregar-se
PSP cercou a residência do idoso e, através da janela da cave, conseguiu convencê-lo a entregar-se FOTO: Luís Costa

Tudo aconteceu anteontem. Francisco Manuel, de 88 anos, taxista reformado, estava armado com uma caçadeira municiada com dois cartuchos. "Começámos a ouvir os gritos ameaçadores do vizinho e chamámos a polícia", referiu ao CM, uma vizinha. No bairro, a vizinhança temeu que o homem começasse a disparar contra quem aparecesse à frente.

Francisco vive com a companheira, que se tinha ausentado naquele momento. Empunhando a arma, ameaçou matar-se, até à chegada da PSP. "Vieram vários agentes e, um deles, conseguiu estabelecer diálogo com o vizinho, através da janela situada na cave, que está ao nível da rua", explicou a mesma fonte, que acompanhou as negociações com a polícia, que duraram duas horas e meia.

"O vizinho dizia que se matava e, pelo que percebi, que estava a ser roubado, mas não especificava por quem", afirmou a mesma vizinha, que ficou aliviada quando viu o octogenário abrir a porta e entregar-se à polícia. "Chegámos a recear que desse um tiro na cabeça. Vá lá que o polícia conseguiu demovê-lo", afirmou.

A PSP efectuou depois uma busca ao domicílio do idoso, tendo apreendido, além da caçadeira, 20 cartuchos e ainda uma espingarda de pressão.

BARRICADO FARO ARMADO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)