Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Idoso espancado até à morte por dois fios de ouro

Polícia desconfia de que foi usado um taco ou um bastão.
Magali Pinto 31 de Outubro de 2016 às 08:14
Polícia desconfia de que foi usado um taco ou um bastão.
Da casa do idoso, espancado até à morte, na rua Carlos Charbel em Agualva, Sintra, foram levados apenas dois fios de ouro. A casa estava remexida, mas as autoridades estão intrigadas com o grau de violência.

Joaquim, 82 anos, vivia da sua pensão e para andar precisava de uma muleta, que foi encontrada junto ao corpo. As agressões fizeram com que o idoso estivesse irreconhecível, com o corpo envolto em sangue. As autoridades acreditam que o espancamento tenha sido concretizado com um bastão ou um taco. Tal como o CM noticiou ontem, Joaquim foi visto pela última vez na passada sexta-feira.

O corpo foi encontrado no sábado por uma empregada. Segundo o relato de testemunhas, o viúvo discutiu durante a semana com um vizinho. O homem foi abordado pelas autoridades e negou qualquer envolvimento. A autópsia foi marcada para hoje e será determinante para saber a causa de morte.

Desconhece-se o número de agressores. Os investigadores do Laboratório da Polícia Científica estiveram no sábado a efetuar perícias para encontrar impressões digitais e chegar à identidade dos assaltantes.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)