Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Idoso ferido em incêndio em Tavira

Monóxido de carbono deixou a vítima inconsciente.
Tiago Lima 12 de Maio de 2019 às 09:54
A carregar o vídeo ...
Monóxido de carbono deixou a vítima inconsciente.
Um incêndio que deflagrou num colchão de uma habitação da rua 1º de Dezembro, em Tavira, na madrugada deste sábado, feriu com gravidade um idoso de 85 anos. O homem ficou intoxicado com o monóxido de carbono que resultou das chamas.

O alerta foi dado às autoridades pelas 00h14, por uma vizinha. "Estava em casa com o meu marido quando sentimos um cheiro intenso a queimado. Fui à rua e vi fumo a sair pelas janelas, foi quando alertei os bombeiros", explicou Laura Alves.

"Se estivesse a dormir com o meu marido, tínhamos morrido todos e ninguém dava por nós", acrescenta.

Quando os bombeiros chegaram ao local o idoso estava inconsciente no interior da habitação. "O incêndio começou porque a vítima deixou-se dormir com o cigarro na mão", referiu ao CM o comandante Miguel Silva dos Bombeiros Municipais de Tavira.

O homem foi assistido por uma equipa dos bombeiros locais e pela Viatura Médica de Reanimação de Faro do INEM e transportado ao hospital de Faro.

No local estiveram 13 operacionais apoiados por quatro veículos de combate. 

PORMENORES 
Monóxido de carbono
O monóxido de carbono é de difícil deteção e os seus efeitos nocivos podem manifestar-se rapidamente, provocando tonturas, náuseas, convulsões e perdas de consciência. Em situações de exposição mais prolongada, pode causar a morte.

Casa ficou inabitável
Devido ao incêndio, a casa ficou inabitável e terá de ser alvo de obras. "O fumo intenso destruiu por completo todos os bens que estavam no seu interior", explicou ao CM o comandante Miguel Silva dos Bombeiros Municipais de Tavira.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)