Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Idoso guardava 648 munições

Suspeito de violência doméstica tinha ainda uma caçadeira e uma pistola dentro de casa
27 de Julho de 2013 às 01:00

A descoberta surpreendeu os próprios militares. Um homem de 76 anos, suspeito de violência doméstica, guardava em casa, em Oliveira de Azeméis, duas armas de fogo e 648 munições. O idoso foi identificado.

Anteontem, às 15h00, na localidade de Cesar e na sequência de um inquérito que o Núcleo de Investigação e Apoio a Vítima Específicas do Comando Territorial de Aveiro estava a desenvolver, foi realizada uma busca domiciliária. O homem era suspeito de ameaçar a mulher e tinha também chegado às autoridades uma denúncia de que teria armas em casa.

Os militares encontraram uma espingarda caçadeira calibre 12, uma pistola calibre 6,35 mm e 648 munições da pistola. As armas de fogo e as munições foram entregues voluntariamente pelo homem e apreendidas, apesar de legalizadas.

O mesmo Núcleo de Investigação da GNR fez outra busca domiciliária mas duas horas antes e na localidade de São João de Ver, em Santa Maria da Feira. Neste caso, um homem, de 43 anos, é suspeito de violência doméstica, maus tratos e posse de arma ilegal. Tinha uma catana, uma moca em madeira, uma pistola de alarme, além de quatro trituradores para manuseamento de estupefacientes e um cabo em cobre. O material também foi apreendido pelos militares.

Em ambos os casos, os homens foram identificados e constituídos arguidos.

MUNIÇÕES IDOSO APREENSÃO AVEIRO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)