Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Idoso luso rouba casino e é abatido

Um septuagenário nascido em Portugal mas residente em França foi abatido a tiro pela polícia francesa após ter assaltado um casino e fugido três horas às autoridades.
27 de Agosto de 2011 às 02:07

Manuel Canedo, 75 anos, pai de três filhos, traçou a sua sentença de morte ao, anteontem, assaltar o casino de Trouville, na Normandia, com uma pistola calibre 6,35 mm. O roubo rendeu 7500 euros.

Perseguido pela polícia durante três horas, Manuel perdeu o controlo do Seat Ibiza que conduzia e saltou para um carro particular, de onde o condutor-refém conseguiu fugir. Foi morto 300 metros depois, com tiros no ombro e peito. As autoridades investigam os motivos que levaram o idoso a protagonizar o crime, mas a sua companheira disse ontem que Canedo – que tinha "problemas neurológicos, estava em tratamento contra o Alzheimer e tinha parado os antidepressivos" – falava há algum tempo em suicidar--se mas faltava-lhe a coragem.

A idade do assaltante intrigou os franceses – os jornais chamam-lhe o caso do avozinho ladrão.

ROUBO ABATIDO TIRO CASINO FRANÇA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)