Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Idoso morre em rio perto de casa

Joaquim Pereira, 82 anos, foi encontrado pelo genro, sem vida, mergulhado no ribeiro.
18 de Abril de 2013 às 01:00

A caminhada diária de Joaquim Pereira, de 82 anos, acabou ontem em tragédia. O idoso, agricultor reformado, foi encontrado sem vida por um genro, mergulhado num ribeiro a menos de 500 metros de casa. A família ficou em choque.

"A filha veio aqui muito aflita perguntar se não tinha visto o pai, porque ele estava desaparecido. Pouco tempo depois o genro encontrou-o, já morto, dentro do rio", disse ao CM, emocionada, Maria Carvalho, vizinha do idoso.

Joaquim Pereira, que tinha dificuldades de locomoção, devido a um acidente que teve há dois anos, caminhava todos os dias junto à sua casa, na rua de Rio Covo, em Midões, Barcelos. Ontem de manhã, saiu pelas 09h00 e não regressou. Foi a filha, Deolinda, que se se apercebeu da sua ausência e pediu ajuda ao marido para procurar o pai.

José António acabaria por encontrar o sogro a menos de 500 metros da casa, depois de ter avistado as canadianas e o chapéu do idoso junto a uma ponte. "Era raro ele caminhar para aqueles lados. Passava à minha porta todos os dias. Não sei como lhe deu para ir hoje para junto do rio", questionava a vizinha, inconformada. O corpo foi removido para a morgue do Hospital de Barcelos e hoje deve ser autopsiado.

idoso morte rio barcelos reformado
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)