Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Idoso perdido em Olhão andou 30 quilómetros a pé em 24 horas

Uma mulher ligou à GNR depois de o idoso ter batido à sua porta visivelmente desorientado.
Rafael Domingues 7 de Fevereiro de 2020 às 08:49
A carregar o vídeo ...
Idoso perdido em Olhão andou 30 quilómetros a pé em 24 horas
Aníbal da Piedade Mendonça, o idoso de 78 anos que estava desaparecido desde quarta-feira, foi encontrado com vida, esta quinta-feira de madrugada, junto ao Cerro da Cabeça, em Moncarapacho. O homem, residente na Fuseta, "terá andado cerca de 30 quilómetros a pé, desorientado, acabando por ser encontrado por um casal que o avistou e alertou a GNR", referiu ao CM Ricardo Mendonça, filho do idoso.

Tal como o CM noticiou esta quinta-feira, Aníbal Mendonça tem princípios de Alzheimer e desapareceu depois de ter sido "deixado por um familiar em casa após o funeral do sobrinho" acrescentou o filho. As funcionárias do Centro Social Nossa Senhora do Carmo, na Fuseta, onde Aníbal Mendonça passa habitualmente as suas manhãs e tardes, não encontraram o idoso quando se deslocaram à sua casa na quarta-feira de manhã.

Cerca de 24 horas depois, por volta das 07h00 desta quinta-feira, o filho de Aníbal foi alertado pela GNR para o aparecimento do idoso, junto ao Cerro da Cabeça, depois de ter ido bater à porta de um casal a pedir ajuda. O homem, apesar de desorientado e debilitado, atravessou a EN125 e terá caminhado cerca de 30 quilómetros por estradas e pelo meio do mato, até chegar ao local onde foi encontrado. Estava descalço e com fome, depois de ter andado perto de 24 horas desaparecido.

O idoso foi encontrado sem ferimentos, mas durante o dia desta quinta-feira foi levado ao hospital por familiares para realizar análises e exames médicos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)