Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Idoso sai do hospital e desaparece um dia

Francisco Faustino Silva, de 70 anos, esteve desaparecido durante 24 horas depois de se ter deslocado ao Hospital Fernando Fonseca, na Amadora, para fazer uma TAC.
11 de Março de 2011 às 00:30
Idoso foi operado a um aneurisma
Idoso foi operado a um aneurisma FOTO: Vitor Mota

O homem sofre de dificuldades de orientação temporal e espacial. Por essa razão, a sua mulher, Maria Salvina da Silva, pediu para acompanhá-lo até à sala de exames, pedido que foi negado por não se poder entrar na sala de TAC.

O assessor do hospital disse ao CM que o homem não chegou a fazer a TAC por ser alérgico a uma substância do contraste. "A sala tem duas saídas e o senhor saiu por aquela que dá acesso à rua".

Francisco Faustino Silva foi encontrado no dia seguinte no Casal dos Afonsos, em Queluz, por um morador que, estranhando a situação, alertou a polícia local.

Ao Correio da Manhã, Ana Silva, filha de Francisco, contou como reencontrou o pai. "Ele tinha as mãos sujas de terra por ter caído. Esteve a noite toda na rua".

IDOSO HOSPITAL AMADORA-SINTRA TAC
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)