Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Incendeia o próprio carro para impedir apreensão

Um homem de 36 anos foi detido pela Polícia Judiciária de Leiria por ter incendiado o próprio carro para evitar que fosse apreendido. Aguarda julgamento em liberdade.
10 de Agosto de 2011 às 00:30
Para causar maior destruição usou uma botija de gás
Para causar maior destruição usou uma botija de gás FOTO: Ruui Miguel Pedrosa

O carro, da marca Seat, estava estacionado junto da casa da mãe do detido, em Garcia, Marinha Grande, e foi incendiado no sábado, um dia depois de a GNR ter estado no loca para proceder à apreensão judicial. Segundo fonte policial, o incendiário agiu "num quadro de recusa sobre a apreensão do veículo, ateando-lhe fogo".

Para causar uma "maior destruição", colocou uma botija de gás no interior do veículo, que explodiu, causando grande estrondo e danos avultados, além de ter criado "grave perigo para toda a zona envolvente".

carro incêndio apreensão marinha grande
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)