Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Incêndio destrói firma de calçado

Um incêndio de grandes dimensões destruiu, ontem de manhã, uma empresa de componentes para calçado, na Zona Industrial de S. João da Madeira, e obrigou à evacuação de fábricas e armazéns vizinhos, onde estavam dezenas de funcionários. "Aqui, ou em outro local, a nossa empresa vai continuar a trabalhar, pois somos uma firma forte", garantiu ao CM um responsável da empresa.
25 de Outubro de 2011 às 01:00
A fábrica ficou bastante destruída, mas os responsáveis garantem que vai continuar a laborar
A fábrica ficou bastante destruída, mas os responsáveis garantem que vai continuar a laborar FOTO: Manuel Vitoriano

As chamas eclodiram cerca das 10h00, numa altura em que as 11 pessoas que trabalham na Fernando Pires dos Santos estavam na zona dos escritórios. "Quando as primeiras equipas de bombeiros chegaram, o armazém estava tomado pelas chamas", explicou Normando Oliveira, comandante dos bombeiros de S. João da Madeira. "É uma empresa com material inflamável e o fogo propagou-se com facilidade", continuou o responsável.

Durante três horas, os 77 bombeiros de 11 corporações do distrito de Aveiro combateram o fogo e protegeram as fábricas vizinhas. "Ouvimos um estrondo e quando nos apercebemos das chamas na fábrica ao lado a nossa preocupação foi evacuar as instalações", explicou outro trabalhador.

s. JOÃO DA MADEIRA INCÊNDIO CALÇADO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)