Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Incêndio fecha escola com 400 estudantes

Fogo que lavrou em zona florestal atingiu as habitações e dois anexos ficaram destruídos.
Ágata Rodrigues 29 de Abril de 2017 às 09:32
Incêndio que lavrou em zona florestal obrigou a evacuar a escola secundária de S. Pedro da Cova e destruiu dois anexos
Incêndio que lavrou em zona florestal obrigou a evacuar a escola secundária de S. Pedro da Cova e destruiu dois anexos FOTO: Ricardo Jr
"Vimos o fumo perto da escola e quando fomos para as aulas piorou. Tivemos mesmo de sair. Foram momentos de terror, só me quero esquecer disto" explicou Vítor Hugo, um dos cerca de 400 alunos da Escola Secundária de São Pedro da Cova, em Gondomar, que teve de ser evacuada ontem de manhã.

As chamas começaram numa zona de mato na Paradela, pelas 08h30, mas alastraram para as imediações da escola e ameaçaram casas e lojas. O presidente da câmara diz que tiveram origem criminosa.

Foram momentos de verdadeiro pânico e de terror, aqueles que a população viveu. Em poucos minutos as chamas dirigiram-se perigosamente para as casas e entraram nas propriedades. Dois anexos de moradias ficaram destruídos pelo fogo. O ar tornou-se irrespirável e uma idosa que vivia num quarto nas traseiras de uma das moradias teve de ser assistida pelos bombeiros por ter problemas respiratórios e ter inalado fumo. "Assim que passámos pelo local, aquilo começou a arder com grande intensidade.

O fogo passou de um lado da rua para o outro demasiado rápido por causa deste vento forte" explicou Rita Silva, moradora da rua Eduardo Castro Gandra, via que esteve encerrada toda manhã.

"Durante a noite os bombeiros tiveram 14 ignições só nesta zona e por isso leva-me a crer que isto possa ter mão criminosa. Não é normal nesta altura", afirmou ao CM o presidente da Câmara Municipal de Gondomar, Marco Martins.
incêndio fogo estudantes escola Gondomar zona florestal destruição
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)