Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

INCÊNDIO NO CONVENTO DO BEATO

Um incêndio que deflagrou quarta-feira à noite provocou danos consideráveis no Convento do Beato, na zona oriental de Lisboa, segundo revelou uma fonte dos Bombeiros Voluntários do Beato e Olivais.
29 de Julho de 2004 às 08:13
A zona dos claustros foi a mais atingida
A zona dos claustros foi a mais atingida FOTO: d.r.
Chamados ao local por volta das 23h00, os bombeiros deram o incêndio como extinto por voltas das 00h15, depois de as chamas terem destruído parte da cúpula do convento, na zona dos claustros, e muitos dos seus corredores de acesso.
Ao que tudo indica, o sinistro, cujas causas são ainda desconhecidas, terá começado na parte desabitada do edifício, após o que se propagou à sua cobertura e cúpula.
No combate às chamas estiveram 25 bombeiros e nove viaturas do Regimento de Sapadores de Lisboa e 16 homens e quatro viaturas dos Bombeiros Voluntários do Beato e Olivais.
Mandado construir pela Rainha D. Isabel, mulher de D. Afonso V, no século XV, no local de uma pequena ermida de invocação a São Bento, o convento está actualmente na posse de privados, que ali organizam eventos empresariais, sociais e culturais.
Um pavilhão montado para a realização destes eventos nos claustros do convento foi também destruído pelas chamas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)