Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Incêndio atinge carro e casa em Portimão

PJ investiga causas de fogo que começou num automóvel.
José Carlos Eusébio 19 de Junho de 2016 às 09:30
Bombeiros combateram o incêndio em carro e casa na rua António Barbudo, localizada na zona antiga da cidade
Bombeiros combateram o incêndio em carro e casa na rua António Barbudo, localizada na zona antiga da cidade FOTO: Pedro Noel da Luz
Um incêndio atingiu ontem, por volta das 11h00, um automóvel e uma casa, gerando algum alarme no centro de Portimão. O combate ao fogo envolveu mais de uma dezena de bombeiros. As causas do fogo estão a ser investigadas pela Polícia Judiciária.

"Deparámo-nos com um foco de incêndio num veículo, tendo sido ainda afetada a parte exterior de uma habitação", revela ao Correio da Manhã Luís Casinhas, oficial dos Bombeiros de Portimão, adiantando que os soldados da paz conseguiram rapidamente extinguir o fogo.

O carro, que se encontrava estacionado na rua António Barbudo, na parte antiga da cidade, ficou parcialmente destruído, enquanto a casa sofreu danos na parte de fora e foi invadida pelo fumo. O morador é um idoso, que pôde voltar à habitação.

A circulação na parte sul da Alameda da Praça da República e na rua onde aconteceu o incêndio foi cortada pela PSP, de forma a permitir o acesso dos veículos de socorro.

No local estiveram 12 operacionais dos Bombeiros de Portimão, com cinco veículos. Como se trata de uma zona da cidade que acarreta riscos acrescidos – as ruas são estreitas e a maior parte das casas antigas –, estiveram mais meios de prevenção no quartel, mas não foi necessária a sua intervenção.

O fogo começou num Mercedes que estava estacionado na rua, junto à parede de uma habitação. Inspetores da PJ deslocaram-se ao local para efetuar perícias, de forma a determinar as causas do incêndio.