Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Incêndio combatido por mais de 300 bombeiros em Vila Real ameaça vila de Murça

Chamas em Alijó cortam A4 e EN 212. Fogo lavra "com bastante intensidade". Três pessoas feridas.
Correio da Manhã,João Carlos Rodrigues e Lusa 24 de Julho de 2019 às 16:46
A carregar o vídeo ...
Chamas em Alijó cortam A4 e EN 212. Fogo lavra "com bastante intensidade". Três pessoas feridas.

Um bombeiro, um civil e um militar do GIPS ficaram feridos esta quarta-feira num incêndio em Alijó, Vila Real, por inalação de fumos. Mais de 200 homens, apoiados por 63 viaturas e dois meios aéreos, combatem as chamas que lavram "com bastante intensidade" e levaram ao corte de três estradas. As chamas estão a progredir para a vila de Murça.



A autoestrada A4, no sentido Vila Real-Bragança, e a EN 212 estão cortadas na zona de Alijó, devido ao incêndio que começou pelas 15h00. No entanto, já se circula no IC5, tendo o trânsito sido aberto pelas 20h30.

De acordo com a GNR, aquele sentido de circulação da A4 foi cortada "entre os nós de Alijó e Murça", por causa do "fumo" que está a afetar a visibilidade naquela autoestrada e, pelas 17h30, ainda era possível circular no sentido Bragança/Vila Real.

Em declarações à Lusa, fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Vila Real adiantou que o fogo "em mato", que começou pelas 15h00 em Ribalonga, assumiu "bastante intensidade".

A página da Internet da Proteção Civil revelava, pelas 16h30, que o incêndio estava a ser combatido por 106 homens, 25 viaturas e três meios aéreos.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)