Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Infeção ameaça tartaruga gigante no Zoomarine

Animal marinho de 300 quilos pode desenvolver uma pneumonia.
Rui Pando Gomes 23 de Junho de 2019 às 09:39
A carregar o vídeo ...
Animal marinho de 300 quilos pode desenvolver uma pneumonia.
O risco de infeção é grande e a probabilidade de desenvolver uma pneumonia por aspiração é elevada. No entanto, os biólogos marinhos do Zoomarine não baixam os braços e acreditam que é possível salvar a tartaruga-de-couro, com 300 quilos, que foi resgatada na Meia Praia, em Lagos, e um dia devolvê-la à natureza.

O gigante dos mares, que os cientistas chamam ‘dermochelys coriacea’, é um macho e foi detetado ao largo da Meia Praia, em Lagos, preso em cabos de uma armação de pesca. A tartaruga foi encaminhada para a praia com o apoio da Polícia Marítima e transferida para uma plataforma, que permitiu o seu transporte para o Porto d’Abrigo do Zoomarine, onde a reabilitação irá decorrer nos próximos dias ou meses. "Foi medicamente avaliada e iniciou um complexo programa de reabilitação. A partir de agora, serão dias e semanas cheios de desafios...", explicou ao CM uma fonte do Zoomarine.

O animal pertence à maior espécie de tartarugas marinhas e os biólogos têm algumas dificuldades em avaliar a dimensão dos seus ferimentos. Sendo uma espécie sem escamas dérmicas, "os ferimentos na pele são inevitáveis, assim como os riscos de infeção", refere a mesma fonte. Como a tartaruga ficou presa várias horas, "é possível que tenha inalado água e que possa vir a desenvolver uma pneumonia por aspiração".

No entanto, o desafio dos biólogos é só um: "Reabilitar o animal e proceder, o mais rapidamente possível, à sua devolução ao meio selvagem."
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)