Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Inferno dos incêndios de regresso

Mais de 100 bombeiros combateram fogos em Viana do Castelo. Chamas atingiram também, durante o dia de ontem, os distritos de Bragança e Vila Real.
17 de Março de 2014 às 11:27
Bombeiros combateram ontem as chamas durante longas horas
Bombeiros combateram ontem as chamas durante longas horas FOTO: André Granja

O inferno das chamas está de volta. Dez incêndios no Alto Minho - cinco dos quais em Viana do Castelo - obrigaram a movimentar, ontem, centenas de bombeiros. Os distritos de Vila Real e de Bragança foram também afetados.

Só em Viana, de manhã, foram cinco os incêndios que deflagraram praticamente na mesma altura, nas freguesias de Afife, Carreço e Outeiro. Os focos acabaram por se unir, formando o sinistro de maiores proporções, que, pelas 19h00 de ontem, mantinha duas frentes ativas - uma quase dominada, mas outra, próxima da A28, que causava dificuldades aos 112 operacionais. "Sou otimista e creio que, durante a noite, teremos a situação controlada.

Recebemos boas indicações do terreno. Os incêndios não escolhem épocas, escolhem dias", referiu Robalo Simões, segundo Comandante Distrital, remetendo para autoridades policiais a hipótese de se tratar de fogo posto. "O incêndio esteve próximo de casas, mas nenhuma esteve em risco. Não houve pânico, nem riscos de maior", acrescentou. As chamas causaram uma nuvem de fumo que encobriu a cidade de Viana .

Registaram-se também incêndios em Arcos de Valdevez, Chaves e Montalegre (distrito de Vila Real) e Freixo de Espada à Cinta (Bragança).

incêndio inferno bombeiros Viana do Castelo chamas Bragança Vila Real
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)