Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Informático de Braga preso em café com dez quilos de anabolizantes

Droga aumenta massa muscular mas provoca danos.
Fátima Vilaça 24 de Junho de 2022 às 08:42
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária FOTO: Direitos Reservados
Um técnico de informática, de 51 anos, foi detido em flagrante pela PJ de Braga na posse de 10 kg de substâncias anabolizantes que, acredita a investigação, teriam como destino a venda a desportistas e frequentadores de ginásios.

O arguido, residente em Braga, está indiciado por um crime de tráfico de substâncias e métodos proibidos. A detenção, foi esta quinta-feira anunciado, aconteceu na quarta-feira à tarde, quando o suspeito fazia o levantamento da encomenda com os produtos ilícitos num café da cidade. As substâncias anabolizantes - sobretudo testosterona e nandrolona - eram importadas da Bulgária e entregues no espaço comercial para não levantar suspeitas.

Na posse dos produtos ilícitos, o informático fazia a manipulação e vendia a clientes, conseguindo lucros consideráveis. As substâncias apreendidas promovem o aumento de massa muscular, alterando o metabolismo hormonal e provocando danos no sistema hepático e em vários órgãos dependentes de hormonas sexuais. Podem ainda provocar tumores e alterações graves em menores.

Presente a um juiz, ficou com apresentações semanais às autoridades.
Braga PJ crime lei e justiça questões sociais
Ver comentários
}