Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Iniciativa para juntar vizinhos

Cada um é responsável pelo que se passa ao seu lado e, por isso, as vizinhanças devem criar laços. É esta a convicção do Movimento Comunidade de Vizinhança, um projecto da Fundação FILOS e do Instituto Politécnico de Gaia (ISPGAYA) que é apresentado hoje, no âmbito do Dia Mundial do Vizinho. O objectivo é mobilizar as pessoas para o apoio àqueles que moram na vizinhança.
26 de Maio de 2009 às 00:30
Bernardino Castro vai colocar à disposição a sua experiência enquanto médico
Bernardino Castro vai colocar à disposição a sua experiência enquanto médico FOTO: Rui Oliveira

 "Queremos quebrar o anonimato que faz, muitas vezes, não reconhecer quem vive ou trabalha ao nosso lado. Daí que envolva também cafés e empresas das zonas de intervenção. Neste momento estamos a actuar nas freguesias de Paranhos, Campanhã, Santo Ildefonso e Bonfim", explicou ao CM o psicólogo Pedro Ferreira, que integra o movimento. A finalidade é criar sentido de comunidade e levar à partilha de bens e serviços. "Se tenho um vizinho idoso que mora só, posso cozinhar-lhe uma refeição. Em troca ele toma conta do meu gato", exemplificou Pedro Ferreira.

O movimento tem já vários parceiros e voluntários. Entre eles está o médico Bernardino Castro, que durante 23 anos morou na freguesia de Paranhos. "Propus-me a fazer rastreios locais gratuitos que numa farmácia, por exemplo, custam dinheiro." Voluntaria-se no projecto porque acredita que "em Portugal é difícil o acesso aos cuidados de saúde e, por isso, estas são acções importantes".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)