Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Inspecção iliba Hospital de Viseu

A Inspecção-Geral da Saúde ilibou os médicos do Hospital de Viseu de responsabilidades no caso de Fátima Letícia, a menina de Mozelos que terá sido vítima de maus tratos e abusos sexuais pelos pais quando tinha apenas mês e meio de vida.
17 de Maio de 2006 às 12:45
Os inspectores concluíram que os clínicos trataram a bebé de acordo com as “normas médicas”, agiram em “conformidade” e não podem ser “responsabilizados” por qualquer acto negligente. No entanto, o relatório chama a atenção para a necessidade de as instituições que lidam com crianças em risco melhorarem a comunicação entre si.
Fátima Letícia, agora com seis meses, esteve quatro vezes internada no Hospital de Viseu.
HOSPITAL SATISFEITO
O director clínico do Hospital disse hoje que está "satisfeito" com a conclusão a que chegou a Inspecção-Geral de Saúde (IGS), que ilibou a instituição de má conduta na identificação e informação detalhada dos maus tratos à criança. Cílio Correia sublinhou que durante o processo esteve sempre descansado quanto aos seus resultados.
Ver comentários