Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Instrutor vendia carros roubados

A PJ do Porto apreendeu oito automóveis furtados, que tinham sido transformados e vendidos, detendo o principal suspeito, um instrutor de condução com 60 anos de idade.
25 de Abril de 2006 às 00:00
Carros utilitários eram a ‘especialidade’ do instrutor de condução
Carros utilitários eram a ‘especialidade’ do instrutor de condução FOTO: Sérgio Freitas
O detido, residente em Oliveira de Azeméis, onde decorreram todas as buscas policiais, está indiciado pelos crimes de furto, receptação e falsificação para o tráfico de veículos, tendo saído em liberdade mediante o pagamento de uma caução e a obrigação de se apresentar todas as semanas na GNR de Oliveira de Azeméis, conforme foi decidido pelo juiz de Cinfães, onde já decorria processo contra o instrutor.
A PJ do Porto, através da Secção de Investigação de Tráfico e Viciação de Veículos, há meio ano que seguia o suspeito, apurando que as viaturas, todas utilitárias e de gama baixa, de modo a não dar nas vistas, eram furtadas em Braga e várias outras zonas do Norte.
Os carros eram depois alterados nas suas características exteriores e, ao mesmo tempo, os livretes eram falsificados, através de documentos de ‘salvados’ de acidentes, que o suspeito adquiria nas sucatas.
Os oito automóveis, apreendidos ao longo das últimas semanas, eram todos furtados, tendo sido vendidos a preços muito inferiores aos do mercado. Mas ficaram ‘caros’, tendo em conta que os novos ‘donos’ tiveram que entregá-los à PJ, ficando assim sem o dinheiro que já tinham pago pelo carros ‘martelados’, conforme são designados os automóveis furtados, que por viciação das características e falsificação dos documentos, entram nos circuitos comerciais.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)