Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Investigação ao acidente de Mário Mendes

O presidente da Associação dos Cidadãos Automobilizados (ACA-M), Manuel João Ramos, revelou ao CM que foi recusado pelo Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa a possibilidade de a associação ser constituída assistente no processo do acidente na Av. da Liberdade que envolveu a viatura do secretário-geral do Gabinete de Sistema de Segurança Interna e juiz-conselheiro, Mário Mendes. O acidente aconteceu a 27 de Novembro de 2009.
5 de Julho de 2010 às 00:30
Acidente fez quatro feridos
Acidente fez quatro feridos FOTO: Sérgio Lemos

A ACA-M irá recorrer da decisão para que seja levantado o segredo de justiça. Manuel João Ramos considera que o Estado está a agir como 'promotor de insegurança rodoviária' ao não considerar o acidente um crime público, apesar de configurar diversas infracções rodoviárias muito graves.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)