Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Militar da GNR seguia Diana Fialho na escola: "Tinha hematomas que não eram provocados por ela"

À CMTV o militar revela que quando andava na escola aparecia com manchas que só podiam ser feitas por outras pessoas.
9 de Maio de 2019 às 21:14
Diana Fialho está em preventiva
Agente da GNR que seguia Diana Fialho na escola:
Mãe biológica de Diana Fialho quebra o silêncio: 'Não a reconheço como minha filha'
Diana Fialho
Diana Fialho está em preventiva
Agente da GNR que seguia Diana Fialho na escola:
Mãe biológica de Diana Fialho quebra o silêncio: 'Não a reconheço como minha filha'
Diana Fialho
Diana Fialho está em preventiva
Agente da GNR que seguia Diana Fialho na escola:
Mãe biológica de Diana Fialho quebra o silêncio: 'Não a reconheço como minha filha'
Diana Fialho
O 'Investigação CM' avança dados altamente relevantes na véspera de se saber que o caso que envolve Diana Fialho no homicídio da mãe adotiva, no Montijo, segue para julgamento. 

Um militar da GNR que seguia Diana Fialho na escola garante que a mãe biológica mente quando diz que queria a criança.

À CMTV o agente revela que quando andava na escola aparecia com hematomas que só podiam ser feitos por outras pessoas, ou seja, eram resultado de agressões.

"Toda a gente sabe que aquelas manchas negras dos hematomas que ela tinha não eram provocados por ela", revelou.

Recorde-se que Maria Amélia Fialho, a professora do Montijo, foi morta à martelada e a procuradora disse ontem, no debate instrutório, no Tribunal do Barreiro, que Diana e o marido, Iuri Mata, devem ir a julgamento. Manteve a acusação de homicídio qualificado e profanação de cadáver. Arriscam pena de 25 anos de cadeia.

Iuri e Diana – agora com 24 anos – não confessam o crime. Aliás, estão desavindos e isso ontem foi notório. Carlos Delca, juiz de instrução, teve mesmo de mandar os arguidos aproximarem-se: cada um sentou-se num lado oposto do banco, para mostrarem que não se falavam.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)