Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Saiu para ir à escola e nunca mais foi visto. O misterioso caso de João José, desaparecido há 21 anos

Em Câmara de Lobos, na Madeira, a mãe aguarda pelo regresso do filho, que terá hoje 37 anos.
Mónica Palma 17 de Setembro de 2019 às 21:21
A carregar o vídeo ...
Este caso leva já quase 21 anos de incerteza e de sofrimento
Este caso leva já quase 21 anos de incerteza e de sofrimento. João José desapareceu na Madeira a 6 de outubro de 1998, quando tinha 16 anos. Apanhou o autocarro para a escola e nunca mais foi visto, antes de se matricular no nono ano.

A PJ só começou a investigar 48 horas depois. Em Câmara de Lobos, a mãe aguarda pelo regresso do filho, que terá hoje 37 anos. Nas buscas pelo menino não foram encontrados vestígios.

Todos os anos, por altura do aniversário do filho, esta mãe, Maria da Conceição Teles, manda celebrar uma missa por intenção do seu filho. Maria da Conceição leva a fotografia do adolescente para a Igreja, vê e revê repetidamente a foto do menino, e pede a Deus que o seu filho mais novo volte.

João José é o filho mais novo de Maria da Conceição.

"Não importa o que ele fez. Quero o meu filho de volta. Penso que ele foi procurar uma vida melhor. Ele vai voltar e vamos viver felizes para sempre. Não acredito que o meu filho morresse", disse a mãe.
João José Madeira Maria da Conceição Teles questões sociais desaparecidos CMTV
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)