Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Irmãos sovados à martelada

Vítimas foram assistidas no hospital. Sofreram traumatismos cranianos e hematomas.
Miguel Curado 6 de Dezembro de 2014 às 11:28
Cristiano Martins (à direita) e o irmão, Abílio, foram atacados por um grupo de cinco homens, armados com paus e pedras
Cristiano Martins (à direita) e o irmão, Abílio, foram atacados por um grupo de cinco homens, armados com paus e pedras FOTO: João Carlos Santos

Dois irmãos, de 22 e 34 anos, foram brutalmente espancados em casa, na madrugada de ontem, no centro da Amadora. As vítimas foram atacadas à martelada, paulada, e com ferros, por um grupo de cinco homens , que fugiram logo após as agressões.

Cristiano Martins, a vítima mais nova, contou ao CM que a mulher e mais dois irmãos, assistiram a tudo. "De repente, a porta de casa foi arrombada a murro e pontapé", recorda.

Os cinco responsáveis pela violência residem, segundo Cristiano, todos na zona da Falagueira. "Eles estavam de cara descoberta e nem disseram nada. Tinham martelos, ferros, paus, pedras e começaram logo a bater", acrescentou.

Cristiano e o irmão mais velho, Abílio, foram os principais alvos da brutalidade. O primeiro ficou com um traumatismo craniano, hematomas na cara e buracos nas costas. Esteve internado no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, de onde teve alta a meio da manhã.

O segundo tem um traumatismo craniano grave. Foi agredido com várias marteladas. Ainda se mantinha internado ao final do dia.

Cristiano Martins assegura não saber os motivos pelos quais as agressões ocorreram. A PSP da Amadora investiga.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)