Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Irmãs recuperam de atropelamento

Patrícia e Jéssica, de 12 e 20 anos, ficaram feridas na cara. A mais nova já está em casa.
Isabel Jordão 17 de Novembro de 2014 às 14:56
O acidente ocorreu junto a uma das saídas da manga que envolve o picadeiro da feira da Golegã
O acidente ocorreu junto a uma das saídas da manga que envolve o picadeiro da feira da Golegã FOTO: João Matias

As duas irmãs que foram atropeladas por um cavalo, sábado à tarde, na Feira da Golegã, estão a recuperar dos ferimentos e do susto que apanharam ao verem o animal na sua direção. Patrícia e Jéssica, de 12 e 20 anos, residem em Peniche e estavam com a avó.

"Foi a primeira vez que foram à Golegã e ninguém estava à espera que apanhassem um susto destes", contou ontem a mãe das meninas, Ana Anunciação, ao CM, adiantando que os ferimentos mais visíveis são na cara. Patrícia, de 12 anos, foi suturada no nariz e estava ainda muito dorida e inchada, mas já teve alta médica. Jéssica, de 20 anos, foi suturada num olho e ontem permanecia internada no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, a aguardar uma cirurgia facial.

O acidente ocorreu no largo do Arneiro, junto a uma das saídas da manga que envolve o picadeiro. "O cavalo vinha disparado, a rodopiar, passou à frente dos outros e veio para o meio da rua", contou ontem ao CM Paula Martins, do café Convívio.

A cavaleira, Ana Marta, de 15 anos, de Alcochete, disse que o cavalo se assustou, não sabendo explicar porquê, e ela não o conseguiu travar. A GNR tomou conta da ocorrência e hoje vai remeter o auto de notícia ao Tribunal do Entroncamento.

Feira da Golegã atropelamento Hospital de Santa Maria Lisboa GNR
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)