Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

ISTO NÃO PAGA UMA CERVEJA

Um homem de 77 anos, reformado da construção civil, recusou-se a receber o reembolso da Segurança Social a que tinha direito depois de ter ido a uma consulta no dentista. Na origem da recusa está o valor do reembolso.
10 de Outubro de 2004 às 00:00
Armindo Ferreira está revoltado com o reembolso que recebeu
Armindo Ferreira está revoltado com o reembolso que recebeu FOTO: Luis Oliveira
Armindo Ferreira Monteiro, residente em Santos Evos, Viseu, conta que 2 de Janeiro foi ao dentista para "arrancar um dente pela primeira vez em toda a vida" e no final da consulta teve de pagar 35 euros.
Depois de terminada a consulta disseram-lhe que "ia receber um reembolso, embora pequeno", contou dizendo de seguida que ficou "à espera de receber pelo menos dez euros da Segurança Social", conta este homem reformado da construção civil que recebe "uma reforma de 245 euros mensais que quase não chegam para pagar as despesas".
A surpresa estava no entanto reservada para Armindo Ferreira quando 10 meses depois, recebeu pelo correio o esperado reembolso. Um vale postal no valor de 38 cêntimos.
"Isto é um escândalo! Uma vergonha" recalma Armindo Ferreira. "O que é que eu vou fazer com estes 38 cêntimos", questiona o idoso para de seguida acrescentar "isto nem para uma cerveja me dá", afirma garantindo que se recusa a "ir levantar o dinheiro, não vá o Estado à falência por causa disso".
"Recebo cinquenta contos [250 euros ]de reforma e agora reembolsam-me com esta miséria", protesta Armindo Ferreira que não vai levantar o dinheiro porque "não compensava o tempo que ia perder para trocar o vale".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)