Jardineiro viola menor em casa de acolhimento no Porto

Arguido, que se encontra em liberdade, responde por um crime de violação agravada.
Por Ana Isabel Fonseca e Nelson Rodrigues|27.02.19
  • partilhe
  • 9
  • +
Um jardineiro, de 36 anos, está a ser julgado no Tribunal de São João Novo, no Porto, por forçar um menor, de 13, a sexo oral.

O crime ocorreu a 5 de outubro de 2017, numa casa de acolhimento no centro do Porto, onde a vítima estava institucionalizada.

O arguido, que se encontra em liberdade, responde por um crime de violação agravada.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!