Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Jipe de piloto foi atirado ao rio Inha

Os Bombeiros Voluntários de Lourosa e mergulhadores dos Sapadores de Gaia resgataram ontem à tarde do fundo do rio Inha (afluente do Douro) o jipe de um piloto de todo-o-terreno que tinha sido roubado pelo método de carjacking na sexta-feira de manhã em Espinho.

23 de Junho de 2008 às 00:30
Jipe foi içado com uma grua, depois de ter sido arrastado até à margem do rio
Jipe foi içado com uma grua, depois de ter sido arrastado até à margem do rio FOTO: João Abreu Miranda, Lusa

O veículo, um Jeep Grand Cherokee, foi encontrado por acaso nas margens do rio na Freguesia da Lomba, Gondomar, numa zona de fronteira com Canedo, Feira. Foi um grupo de pescadores que, perto das 08h00, se apercebeu de marcas junto à margem, num local de difícil acesso.

Cerca das 11h30 a equipa de mergulhadores dos Sapadores de Gaia encontrou o carro, desconhecendo-se, na altura, a quem pertencia. O automóvel foi içado com auxílio de balões de ar e arrastado para a margem contrária em Canedo, com auxílio de uma embarcação de recreio que estava ao largo e que era mais potente do que o bote dos sapadores. Foi pedida uma máquina à protecção civil de Santa Maria da Feira para retirar o carro das águas, mas mais de três horas depois o apoio ainda não tinha chegado. Um popular disponibilizou-se para ir buscar o camião-grua do patrão para retirar o Jeep da água.

Felisberto Ribeiro, sogro do proprietário do automóvel, explicou que o assalto ocorreu cerca das 08h00 de sexta-feira, quando o genro, Carlos Sá, se encontrava num parque junto ao restaurante Cabana, em Espinho. Um indivíduo de cara descoberta, com 1,80 metros, apareceu por trás e apontou-lhe uma pistola, obrigando-o a entregar as chaves.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)