Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Jogavam póquer em associação de moradores

Todos os dias, entre as quatro e as nove da noite, o salão da Associação de Moradores de São Pedro do Estoril e Areias (ASPA) transformava-se num movimentado salão de jogos.
23 de Abril de 2010 às 19:05
Associação de Moradores de São Pedro do Estoril e Areias era utilizada como sala de jogos
Associação de Moradores de São Pedro do Estoril e Areias era utilizada como sala de jogos FOTO: Vítor Mota

Várias mesas profissionais de póquer (jogo de cartas), juntavam em seu redor inúmeros jogadores que, ilegalmente, tentavam a sorte com centenas de euros de cada vez. Há semanas que a PSP de Cascais observava, de longe, o recinto de jogo ilegal, tendo conseguido quinta-feira efectuar uma operação que permitiu desmantelar o casino, prender oito pessoas, e apreender centenas de euros em dinheiro e fichas de jogo.

O encerramento deste casino ilegal é, de resto, o segundo efectuado no concelho de Cascais, durante as últimas três semanas. Moradores na rua 9 de Abril, em São Pedro do Estoril, disseram ao CM que a ASPA alberga jogo desde a sua fundação, em 1974. No entanto, só nos últimos três anos é que, à revelia da PSP e da Inspecção-Geral de Jogos, se começou a efectuar jogo ilegal naquele recinto.

A variante ‘Texas Hold'em' do póquer, jogada nos casinos americanos, terá sido a mais jogada na associação. "Ao contrário do que normalmente acontece, os jogadores na ASPA só jogavam com um baralho de 28 cartas, o que aumentava as probabilidades de ganhar, mas também de perder", disse ao CM fonte policial. Sem quaisquer preocupações de ocultar esta actividade, os exploradores da actividade de jogo ilegal conseguiam, segundo moradores no local disseram ao nosso jornal, atrair construtores civis, empresários, e profissionais liberais do concelho. "Nos últimos meses, viam-se aqui carros de elevada cilindrada", explicou um comerciante.

Pelas 18h45 de quinta-feira, uma brigada de agentes da Divisão da PSP de Cascais invadiu o recinto, prendendo pelo menos um dos exploradores do salão de jogos, e sete jogadores. Oficialmente, o comando da PSP de Lisboa confirmou a apreensão de cinco mesas e oito cadeiras de jogo, uma mala de metal com centenas de fichas de valores diferentes, dois baralhos de cartas, cinco dados, e 293,52 euros em dinheiro.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)