Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

JORNADA PELA PAZ

Cerca de 1500 fiéis reúnem-se hoje em Fátima numa jornada pela paz no mundo e de contemplação de Cristo pelo olhar de Maria, à semelhança do que vai acontecer no mesmo dia em várias outras localidades de todo o mundo.
25 de Maio de 2003 às 00:00
A iniciativa é do Movimento Focolares, uma organização cristã de beneficência que conta em Portugal com cerca de quatro mil membros.
Olga Osswald, do Focolares, disse à Lusa que a iniciativa se insere no Ano do Rosário decretado pelo papa João Paulo II, que numa carta à fundadora do movimento, Chiara Lubich, afirmou que "gostaria de confiar idealmente aos focolarianos a oração do Santo Rosário, que quis propor novamente à Igreja inteira".
Na mesma missiva, o sumo pontífice pedia aos focolorianos que "dessem o relevo necessário à iniciativa de um ano dedicado ao Rosário".
Respondendo ao apelo de João Paulo II, o movimento vai levar a cabo, até ao final do ano, cerca de 60 jornadas em todo o mundo idênticas à que decorre domingo em Fátima, como contributo para alcançar a paz pela oração e pelo estudo do exemplo de Maria.
Os focolarianos optaram por uma abordagem mariana da questão, considerando, segundo Olga Osswald, que "a melhor maneira de contemplar Cristo é pelo olhar de Maria, a pessoa que mais conviveu com Ele. Imitar Maria é um contributo para a paz, através da harmonia e da conciliação que o seu exemplo evoca".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)