Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Jornalista apanhado em operação antilenocínio

Onze pessoas foram constituídas arguidas na sequência de uma operação da PSP, ontem de manhã, que visou desmantelar uma rede suspeita de associação criminosa, lenocínio (favorecimento à prostituição) e tráfico de droga. Um dos suspeitos (por lenocínio) é jornalista na RTP, apurou o CM junto de fontes ligadas à investigação.
14 de Outubro de 2010 às 00:30
Investigação começou a partir do desmantelamento de uma outra rede
Investigação começou a partir do desmantelamento de uma outra rede FOTO: Pedro Rocha

O jornalista, repórter de imagem, gere um site na net onde mulheres oferecem serviços ligados à prostituição. A investigação começou em 2009, através da Unidade Especial de Combate ao Crime Especialmente Violento do Departamento de Investigação e Acção Penal de Lisboa, aquando do desmantelamento de outra rede que se dedicava ao lenocínio. Em casa do jornalista, 4m Lisboa, foram apreendidos computadores, máquinas fotográficas e viaturas.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)