Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Adolescente agredido após desaparecimento de crianças

Crianças de 8 e 10 anos levadas por jovem durante 18 horas.
João Tavares 6 de Setembro de 2016 às 08:46
Menores saíram para andar de bicicleta no domingo, em Sintra. CMTV captou momentos de tensão e agressões no regresso a casa dos menores, que saíram com um amigo mais velho.
Durante 18 horas, Diogo, de apenas 8 anos, e ‘Carlitos’, de 10, andaram desaparecidos às mãos de um jovem de 17, na zona das Mercês, em Sintra. Quando o adolescente apareceu com as crianças, foi alvo da ira dos familiares e amigos. Ainda fugiu de bicicleta, mas foi apanhado por populares. Sucederam-se as agressões e acabou salvo pela chegada de uma patrulha da PSP. As crianças estavam bem de saúde.

As boas notícias chegaram por telemóvel a Sandra Miranda, mãe de Diogo, pouco antes das 13h00 de ontem. Desde as 19h00 de domingo que, juntamente com familiares e amigos, procuravam as crianças desaparecidas. Vasculharam a linha de comboio, um pequeno rio, uma zona de mato, os bairros vizinhos. Sem sucesso. Distribuíram cartazes com a fotografia de Diogo e mobilizaram aquela freguesia de Sintra.

Diogo e ‘Carlitos’ tinham sido vistos pela última vez na companhia de um rapaz mais velho, num jardim infantil perto da casa destes. O caso foi comunicado à PSP local e também à corporação de bombeiros de Mem Martins, mas as novidades só chegaram à hora do almoço.

As crianças acabaram por surgir na companhia do jovem. Este foi de imediato alvo de ameaças e fugiu de bicicleta. Mas populares perseguiram-no de carro e apanharam-no. Foi então que tiveram lugar as agressões. Segundo foi possível apurar, o jovem e as crianças terão passado a noite a andar de bicicleta e dormiram num barracão abandonado. A PSP está agora a investigar o caso.
agressões violência desaparecimento Mercês Sintra PSP
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)