Jovem apaixonado pode sair da prisão

Nuno Ribeiro, o jovem de 22 anos que cumpre 69 dias de prisão, em substituição de uma pena de multa, por ter pintado uma declaração de amor dedicada à sua amada no muro de uma escola de Peniche, poderá ser libertado já hoje, uma vez que os seus pais receberam ontem de uma leitora do CM o dinheiro necessário para pagar a dívida à Justiça.
02.03.11
  • partilhe
  • 0
  • +
Jovem apaixonado pode sair da prisão
A família de Nuno Ribeiro recebeu 330 euros de uma leitora do ‘CM’, sensibilizada com a situação do jovem Foto Carlos Barroso

Foram inúmeras as pessoas que se predispuseram a pagar a multa de 312 euros. Uma delas, que preferiu manter o anonimato, entregou aos pais do jovem a quantia necessária. "Sensibilizou-me como a nossa Justiça permite que por causa de uma coisa simples um jovem vá para a cadeia, quando há quem ande a assaltar e não vá lá parar", disse a mulher, que entregou 330 euros à família. "Moro em Peniche, estou a tirar um curso com bolsa de formação, mas não foi isso que me impediu de dar o dinheiro. E afinal, pensava que não, mas até conheço a família", adiantou.

O padrasto e a mãe de Nuno Ribeiro desfizeram-se em lágrimas ao receberem o donativo, porque não têm condições económicas para ajudar o jovem. "Estou a trabalhar numa fábrica, mas o meu marido está no fundo de desemprego e temos mais um filho. Não tínhamos hipótese de pagar", referiu Maria Leopoldina.

O caso começou em Agosto de 2007, nas férias escolares. Nuno Ribeiro, acompanhado de três jovens, entrou no recinto da Escola Secundária de Peniche e pintou uma parede. "Tinha vários desenhos e também havia uma declaração de amor", recorda Rogério Duarte, o padrasto. Foi denunciado pela assinatura no grafíti. O jovem foi condenado pelo Tribunal de Peniche por dano qualificado a 120 dias de multa (312 euros) ou na pena subsidiária de 69 dias de prisão. Como não pagou aquela verba, acabou por receber a ordem de reclusão no dia 23 de Fevereiro. A detenção surpreendeu a própria comunidade escolar. Professores e alunos acham a medida "exagerada".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!