Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Jovem de bicicleta abalroada e violada

Vítima, de 20 anos, foi arrastada pelos cabelos, agredida e forçada a atos sexuais
22 de Maio de 2013 às 01:00



A jovem, de 20 anos, circulava sozinha de bicicleta na ciclovia de Terroso, na Póvoa de Varzim, anteontem à tarde, quando foi surpreendida por um homem, que aparentava ter 40 anos. O agressor, que também circulava de bicicleta, abalroou a jovem, tapou-lhe a boca e arrastou-a para uma zona isolada, rodeada de árvores. A vítima conseguiu fugir por alguns minutos. Correu e gritou por ajuda, mas o homem agarrou-a novamente. A jovem foi sujeita a vários atos sexuais. Tentou por diversas vezes escapar, dando murros no predador, mas aquele não parou. Antes de fugir, o violador disse à vítima que a matava se apresentasse queixa.

Após ser abandonada no local, a rapariga conseguiu pedir o auxílio de familiares. Dirigiu-se ao posto da GNR da Póvoa de Varzim, onde denunciou o caso. Apresentava vários ferimentos e estava bastante abalada. Repetia constantemente que tinha tentado atacar o violador a murro, que tinha feito tudo para evitar os atos sexuais a que foi sujeita.

A Polícia Judiciária do Porto tomou já conta do caso e está a investigar. Às autoridades, a jovem explicou que o agressor tinha cerca de 1,70 m, era magro e usava t-shirt branca, casaco preto e calças de ganga. A vítima foi encaminhada para o Instituto de Medicina Legal para recolha de vestígios.

A jovem foi sujeita a atos de muita violência – o agressor arrastou-a pelos cabelos durante alguns metros, atirou-a com bastante força para o chão e agrediu-a.

A zona onde o crime ocorreu é bastante isolada, uma vez que se trata de uma antiga linha férrea que foi transformada numa ciclovia que liga a Póvoa de Varzim a Vila Nova de Famalicão. O local está rodeado de árvores e os poucos moradores adiantaram ao Correio da Manhã que não tiveram conhecimento do caso.

bicicleta albaroada violada póvoa de varzim agressão abuso sexual
Ver comentários