Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Abandonou loja de desporto para ser engraxador de sapatilhas em Famalicão

Alexandre abriu uma loja e é agora um sucesso.
Lusa 10 de Abril de 2019 às 14:43
Alexandre Marques
Alexandre Marques
Alexandre Marques
Alexandre Marques
Alexandre Marques
Alexandre Marques
Alexandre Marques
Alexandre Marques
Alexandre Marques
Alexandre Marques
Alexandre Marques
Alexandre Marques
Engraxar sapatilhas, reinventando a atividade do avô, foi a oportunidade de negócio agarrada há dois anos por um jovem de Famalicão, que agora abriu uma loja própria naquela cidade, sinal do "sucesso" alcançado.

Alexandre Marques, de 25 anos, admitiu esta quarta-feira à Lusa que a história da "Engraxat" vem fazendo jus ao "primeiro estranha-se, depois entranha-se".

"No início, havia aquela dúvida sobre quem estaria por detrás do negócio, se a engraxadela funcionaria ou não, se seria financeiramente compensadora, mas, entretanto, a coisa foi passando de boca em boca e hoje posso dizer que o negócio está a correr bem", referiu.

Neto de engraxador, Alexandre trabalhou alguns anos em lojas de desporto, sendo frequentemente questionado pelos clientes sobre como limpar as sapatilhas.

Foi então que lhe surgiu a ideia de se tornar "engraxador de sapatilhas", tendo começado a estruturar o plano de negócios da "Engraxat" em setembro de 2016, com o apoio da equipa do Gabinete de Apoio ao Empreendedor do Famalicão Made IN.

O negócio foi lançado em março de 2017 e no sábado Alexandre abriu a sua loja própria, em Famalicão.

"Agora, os clientes podem deixar diretamente aqui as suas sapatilhas para engraxar", referiu.

No entanto, o calçado pode ainda ser deixado em vários locais da cidade, como um café, uma barbearia, uma escola de dança, um ginásio e uma academia de futebol.

Em três ou quatro dias, as sapatilhas ficam prontas, "a brilhar".

"A engraxadela acaba por compensar ao cliente, já que há sapatilhas que são extremamente caras e que, depois de passarem pelas minhas mãos, ficam como novas", explicou.

A "Engraxat" tem mesmo um "serviço de urgência", que resolve "na hora" o problema de um qualquer par de sapatilhas pelo qual o cliente não possa esperar.

No fundo, como referiu Alexandre Marques, este serviço segue, "de certa forma", o espírito dos tradicionais engraxadores de rua, em que o cliente, ao fim de poucos minutos, sai com os sapatos a brilhar.

No entanto, a "Engraxat" vai muito para além disso, apostando na total reinvenção da atividade de engraxador.

Ali, o cliente pode optar pela limpeza clássica, relativa apenas ao exterior da sapatilha, ou pela limpeza profunda, que inclui limpeza exterior, interior, serviço de fragrância e desodorização.

A empresa vai também começar a trabalhar com uma transportadora a nível nacional, para recolher e entregar as sapatilhas em qualquer ponto do país, sem que a pessoa tenha de se deslocar a Famalicão.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)